domingo, 8 de setembro de 2013

APRENDIZADO




Aprendi que não se ama só um a vida toda.
Aprendi que todos os amores que se vive e sente são diferentes.
As pessoas são diferentes, as relações se tornam diferentes, especiais, únicas.
Aprendi que nunca se fala com um homem com sono, ou vendo futebol... É total perda de tempo.
Eles nunca darão a atenção que você precisa.
Aprendi que amor a distância é válido e real, mas dói muito a ausência.
Aprendi que na carência e solidão podemos fazer loucuras e quando nos arrependemos não dá pra apagar, ou voltar no tempo.
Aprendi o valor de amizades sinceras, que nada nem nenhum outro amor podem substituir.
Aprendi que alguns cristais podem ser reciclados e formarem algo tão lindo quanto o que se quebrou.
Aprendi que família de verdade, com boa base é o nosso maior consolo e apoio quando se precisa.
Aprendi que uma mãe de verdade faz o possível e o impossivel pelo seu filho. Ela protege, mas também liberta... O deixa voar.
Aprendi que uma pessoa só sente atraida por outra porque têm outros interessados pela  mesma.
Aprendi que escrever me faz desabafar e acalmar o espirito aflito.
Aprendi tantas coisas que não se aprende em sala de aula.
Aprendi coisas só na teoria e nunca apliquei.
Aprendi outras coisas só na pratica e não tem explicação.
Aprendi e aprenderei muita coisa, porque "só sei que nada sei."(aristóteles)
Nem pretendo deixar de querer aprender.

Pois isso ativa a mente e nos faz ter algum sentido de viver.

terça-feira, 9 de julho de 2013

O PESO DO TEMPO





















Lá fora chove... Escuto a chuva batendo no telhado.
Trovoadas fortes se fazem ouvir vez ou outra.
Ventos uivam... Dá até medo.
Escrevo a lápis... Não por falta de caneta.
Sim, na esperança de que o que sinto se apague.
Como as letras a lápis se apagam com o tempo.
Preciso que se apague o que estou sentindo, e pra já!
Será possível?
Não importa a causa de me sentir assim.
Sinto-me só, abandonada, sem nenhum atraente...
Peso da solidão, da carência que só aumentam com o passar dos dias, dos anos... A idade também já pesa.
Sei que há tantos por aí do mesmo jeito, sentindo o mesmo que meu coração agora sente.
É tão difícil deixar de ser egoísta nesse momento, quanto deixar de amar alguém de um dia pro outro.
Estou confusa, decepcionada, com medo.
Queria um abraço do amado e dormir de conchinha, ou com a cabeça em teu peito.
Enfim, só queria senti-lo perto de mim.
Para variar está tão longe e inalcançável hoje.
Tenho vontade de chorar, mas serei forte... Nunca gostei de mostrar minhas fragilidades.
Já me fazem sentir isso com frequência.
Por que nada que é bom dura para sempre?
Será que iria me entediar?
Provável... Que geminiano gosta de rotina ou marasmo todo o tempo?
Coisas novas e diferentes são o combustível para sorrir de verdade.
Quero viver e ser livre, feliz.


quarta-feira, 12 de junho de 2013

AMOR QUE INSPIRA POEMAS





O meu amor por ti já foi tão repetido nestes singelos poemas.
É amor gratuito, sem segundas intenções... É sincero.
Tua voz e jeito são tão doces quanto o mel que adoça o meu dia.
Conhecê-lo me amadureceu como pessoa e mulher.
Ser amada por você, ouvir tuas declarações de amor é como flutuar, voar como um pássaro no céu azul.
É tão natural e fácil conversar contigo, é como acordar pela manhã e ver o sol irradiando seu calor e luz lá fora.
Amar-te é simples, é gostoso... Se não estivesse tão longe de mim seria ainda melhor.
Teu desejo me acende e te acender é meu maior desejo... Quero sempre deixá-lo louco.
Queria bem mais que isso... Queria cuidar, dar-lhe todo o carinho e amor que merece receber.
Queria ser verdadeiramente tua mulher e tê-lo como meu homem.
Você é meu amor e sempre será... Independe onde estiver e com quem.
Não estar com você não me impede de te amar, pois você me ensinou o significado do verbo.
Você é mais especial que imagina...  Orgulho-me muito de conhecê-lo, de tê-lo em minha vida, mesmo estando tão distante de mim.
É um prazer amá-lo e ser amada por ti.

EU PRECISO DE NÓS.



















Eu preciso de você.
Eu preciso de nós.
Eu preciso olhar pelo menos uma vez em seus olhos.
Eu preciso pelo menos uma vez te beijar, tocar em teu rosto, encaixar nossas mãos.
Eu preciso saber que é real, não simplesmente um sonho distante.
Eu preciso sentir seu braço em volta de mim, protegendo-me do mundo lá fora.
Eu preciso sentir teu calor me aquecendo.
Eu preciso te colocar no colo e te afagar quando estiver exausto.
Eu preciso sentir segura e amada, aninhada em você.
Eu preciso mais do que nunca sentir teu amor.
Ouvi-lo pelo menos por um minuto.
Eu preciso dizer o quanto sinto tua falta.
O quanto és importante em minha vida.
Não tem ideia amore mio, como eu te queria aqui comigo.
Hoje, ontem, amanhã e eternamente.
Nem todo amor é pra ser vivido por toda vida.
O nosso foi por um breve e especial tempo... Inesquecíveis momentos juntos e ao mesmo tempo separados.
Somente sentimos... E vivendo de lembranças maravilhosas, incomparáveis.
Valeu a pena, apesar de tudo, amore mio... Sempre vai valer, pois nos amamos.
 Você é tudo que eu sempre precisei... Você é simplesmente minha inspiração.
Obrigada por ter aparecido em minha vida.
 E mesmo sem ter durado muito essa relação...No meu coração, o "nós" será eterno.




segunda-feira, 3 de junho de 2013

A VIDA E A GRATIDÃO





Penso em tudo que passamos até aqui.

Tudo que já fiz... São tantas coisas que nem acredito.

Mas não fiz só, ninguém faz nada sozinho.

Temos sempre anjos que nos ajudam e estão sempre do nosso lado.

Quantas pessoas já passaram em minha vida?

Quantas eu nunca mais vi?

Tantas que nem me lembro do nome de umas.

Quantas sumiram e reencontramos algum tempo depois?

Quantas ainda estão presentes há muito tempo?

Quanta gente eu ainda quero reencontrar?

Quantas encontramos sem querer e se tornam tão presentes e importantes que não queremos que se vão?

Sinto saudades... Vontade de estar perto, por as conversas em dia, rir, relembrar, é sentir falta. 

Palavra criada no meu país, porém com significado sentido no mundo inteiro.                                                                                        

Quanta gente eu ainda conhecerei ao longo da vida? Sei que serão muitas.                                                

Umas apenas passarão, outras ficarão...

Faz parte da caminhada.                                                                                 

Quero tantas coisas no futuro.                                                                                                                                     

Há momentos em que nos perguntamos:                                                                                                                              

Quais são meus sonhos?  Devo tê-los ainda?                                                                                            

Há muitos que nem sabem o que é, ou se ainda os têm.                                                                                                        

A realidade é cruel para alguns, e a luta pela sobrevivência é constante, muito triste.                                               

Às vezes sinto-me tão egoísta, mal comigo mesma.                                                                                                                  

A culpa em pensarmos mais em nossos problemas.

Não quero ser ingrata nem insensível.  Devo a tantas pessoas a melhora de vida que temos.

A vida e a gratidão não valem apenas de coisas materiais e dinheiro.

Este nem sempre é a solução de tudo.

Vale bem mais esforço, dedicação, amizade verdadeira, atenção, carinho, muito amor e a paciência que nos oferecem.      

Obrigada a Deus, a minha mãe, a todos que me deram, dão e darão todo o apoio para que eu seja feliz e realizada um dia.                                                                                                       









terça-feira, 21 de maio de 2013

FERIDAS DO CORAÇÃO

















Coração ferido, machucado.
Anda tão desacreditado na humanidade.
Anda tão revoltado com tudo que temos visto.
Ando tão frustrada, o desânimo está querendo tomar conta de meu ser... E a raiva também.
Ele ainda me dá forças para eu não parar de vez.
As pessoas que amo não merecem essa decepção, a minha desistência.
A espiritualidade eu deixo de lado... Não acredito em mais nada... Apenas em Deus.
Mas os milagres meu coração se fechou para eles, inclusive do amor.
Não quero mais amar, cansei de viver de ilusões... Talvez isso mude de uma hora pra outra, como saber?
O que o amor é senão uma ilusão de que tudo está mais lindo e perfeito?
Não digo que não amo mais ninguém... Amo a minha mãe- minha vida.
Amo meus amigos, meu irmão e também um alguém especial... E por ele sou amada.
Ele está tão longe, tão inatingível quanto o sol está da Terra.
“Tô” cheia de acreditar num futuro melhor para nós... Do jeito que o mundo vai isso nunca vai acontecer. Basta olhar ao nosso redor.
Estou tão amarga, pessimista, porém sorrio para disfarçar.
 Há quem se vanglorie com minhas lágrimas se eu deixá-las aparecer... Sempre haverá invejoso onde estivermos.
Não quero ser assim... Estou tão confusa, triste e as feridas do passado não se fecham.
AQUI DENTRO TEM UMA LUTA FEROZ QUE NÃO PARA!
 Acabarei ficando louca.
Mas não sou ingrata ao que Ele me deu e as pessoas boas que me rodeiam, que gostam de mim... Eles são queridos.
Sei reconhecer onde estou e porque estou aqui, por causa de quem.
Se o coração vai se renovar e as feridas se fecharem, as mágoas forem esquecidas um dia, só o tempo dirá... Agora partido é como ele está.


quinta-feira, 25 de abril de 2013

DECEPÇÃO COM O MASCULINO



Quanta expectativa nós colocamos no outro?
Quantos sonhos sonhamos sozinhas?
Quanta insegurança que nos fazem sentir?
Quanta culpa nos põem, sem termos de verdade?
Culpa todos têm se a relação não persiste.
Dá certo todas as relações dão, mesmo que por pouco tempo.
Também traz tantas lembranças boas e ruins.
Queremos coisas tão simples, esperamos atitudes simples da pessoa amada, mas parece que não são capazes.
Aquelas que não se apagarão mesmo depois de muito tempo... Nunca se esquece.
Ficam mágoas, decepções... Quanta decepção eu já tive?
 NEM SEI, FORAM TANTAS!
E sei que ainda terei muito mais ao longo da vida.
Cada um que passou deixou sua marca em meu coração.
Poucos deixam aquelas marcas de te fazer sorrir.
Por que eles parecem sempre quererem nos decepcionar, mesmo inconscientes?
Por que será que esperamos tanto deles sabendo que vão nos frustrar?
Por que será que sempre que cobramos atenção e carinho suas desculpas são sempre cansaço e muito trabalho?
Será que são eles que têm que ser várias pessoas em um dia só?
Será que só eles trabalham duro o dia todo?
Será que não trabalhamos, não cansamos como eles?
Por que adoram ser super - inteligentes, super - maduros, super - tudo?
Nem sempre queremos um super - homem... Será que um dia entenderão?
Não precisam ser nossos segundos pais, é ultima coisa que esperamos deles... Nós já temos ou tivemos um.
Queremos mais que isso... Queremos dormir em teu peito ouvindo teu coração pulsar, acariciarmos e sermos acariciadas, ouvirmos tua voz se declarando ou atiçando, namorarmos loucamente.
 E sonharmos juntos... É tao bom quando acontece!
Queremos admirar, amar, cuidar, termos orgulho de chamá-los de meu homem.
Por que é tão difícil entender e ser o homem que esperamos?
Por que quando perdem eles lutam pra ser o homem que sonhamos? Já é tarde!
Enquanto nos conhecem e seduzem são quase perfeitos, uns príncipes... Depois fazem questão de virarem sapos com o tempo.
Sempre dizemos ser diferentes um do outro, mas no fim das contas somos todos iguais... Nós mulheres... E vocês homens.
Será que ter um amor eterno é sinônimo de felicidade e relação eternas?
Dói tanto em pensar que talvez não seja... Mas fazer o quê? É a vida.






segunda-feira, 1 de abril de 2013

TUDO É DEUS




















Ele está no beijo de uma borboleta na flor que desabrocha
















Ele está nas dunas de areia do deserto


Eu O vejo em tudo, simplesmente.
No sorriso de uma criança nas suas brincadeiras de infância.
Numa rosa que desabrocha, no movimento das folhas perante o vento.
No abano de rabo contente de um cão e seu latido, seus pulos de alegria quando seu dono chega em casa.
Na chuva que cai na hora e quantidade certa e faz crescer frutos e verduras.
No sol depois de um dia nublado e frio.
No cantarolar dos pássaros, nas ondas do mar, brilho das estrelas.
Na persistência de pessoas especiais em lutarem para sobreviver e mostrarem-se capazes, iguais.
No nascimento de um bebe e a mãe amamentando-o.
Na união de uma família durante as refeições ou em problemas, vitórias.
No encontro de almas gêmeas que envelhecem juntas, se amando além da vida.
No trabalho suado para manter a dignidade, comprar o pão de cada dia e pagar suas contas.
Na amizade sincera entre as pessoas.
Deus existe nos momentos em que nos sentimos abandonados por Ele, sofrendo sozinhos.
Ele nos dá a força e nos carrega... Nunca estaremos só, mesmo que pensemos ao contrário.
Ele está nas coisas mínimas e grandiosas.
No pequeno e no grande milagre... No maior deles: A VIDA.
DEUS EXISTE... Uns acreditando ou não.
Olhai ao redor e verás tudo que Ele nos dá e faz por nós desde o amanhecer.
Nossa vida existe graças aos detalhes que muitas vezes nem percebemos, mas que nos dão sentido de viver.


ONTEM E AGORA









ONTEM









 AGORA


Meu coração está aflito.
Meu interior anda tão agitado, nervoso.
Não durmo mais direito.
A carência está no limite... A verdade é que estou no limite.
Pergunto-me: O que fazer? Por que estou assim?
A raiva ontem se apossou de mim.
O stress provocado extrapolou e tirou-me do controle.
Até onde podemos ir quando a ira, o stress toma conta, mesmo que por segundos?
Às vezes tenho medo de mim, de minhas reações.
 Quem não tem medo de si mesmo às vezes?
Do que somos capazes quando estamos no extremo?
A vontade ontem era de esmurrá-lo até cansar e depois chorar até não restar nada aqui dentro.
Mas não havia tempo pra isso... O tempo corria muito rápido, eu precisava sair.
Se me arrependo?
Sim, mas pouco... Ele provocou.
O desânimo às vezes aparece, permanece e o desejo de ficar deitada também.
Se sou depressiva? Não sei dizer.
A vida é bela e não desistirei dela tão fácil, ainda amo viver.
A nossa vida é feita de fases.
Agora as obrigações me levantam como quem leva espetada para sair e fingir que nada de mais aconteceu.
Que vontade de gritar, sumir, xingar... Não devo! Não é justo!
Eles não merecem isso de mim.
Prefiro engolir até um dia não suportar mais e morrer entalada.

domingo, 31 de março de 2013

O SONHO DE UM AMOR IDEAL




                                                                                                                                                                                                                                         

Não é preciso dizer muita coisa.
Ou será que é preciso dizer algo?
A música diz tudo que se espera de um amor de verdade.
Um amor real e forte... Tão lindo quando encontra.
Daqueles que duram anos e mais anos... Um amor além desta vida.
Mesmo sem ser correspondido... Mesmo que doa na alma e fira o coração...
Ainda vale a pena amar.
Será que esse amor ainda existe?
Será que é grande e intenso, forte o bastante para resistir, persistir por tanto tempo?
Será que sou tola o bastante para ainda sonhar com esse tipo de amor e procurar?
Será que você ainda acredita e me ama desse jeito?
Tantos serás... Tantas dúvidas diante de tudo que vejo, que ouço.
Não importa... Mesmo tão confusa e você me achando uma romântica boba,
Ainda assim vou procurar.
E um dia hei de encontrar um amor ideal... Porém, amar e ser amada por alguém não tão longe de mim, como está agora.



DIVIDO
























Divido o amor contigo.
Divido os sonhos, os planos, o passado e o presente.
Mas me divido ao meio.
Oras, na verdade, nenhum homem me terá por completo.
Por mais que queira, nunca serei completamente de ninguém.
Nem você me contará tudo sobre si mesmo, ou será todo meu como diz.
Só metade de você é meu.
Metade de mim será tua: amor, corpo, pensamentos, fantasias... Somente tua.
A outra metade será só minha e só pertence a mim.
Na vida há segredos que nunca poderão ser divididos, ou multiplicados... Mesmo a gente se amando.
Será que me compreende?
Todos têm o direito de dividir ou guardar sob sete chaves algo só dela.
Entregamos sempre pela metade, mesmo acreditando que estamos por inteiro numa relação ou atividades.
Por que negar?
Todos têm particularidades, sonhos e metas individuais, desejo por outros, mesmo que não assumamos ao parceiro, ou a nós mesmos.
Dizer a verdade acima de tudo, assumir certas coisas pros outros ou pra si mesmo, dói; enciuma  magoa e acaba uma relação forte.
Amar é querer o bem do outro em qualquer hipótese e poupar o outro de mágoas e feridas que talvez nunca cicatrizem.




quinta-feira, 21 de março de 2013

SEM NINGUEM PARA ESCUTAR





















Quero tanto falar
Que pena, não tem quem me ouça.
Quem me compreenda sem julgamento.
Por que é tão difícil?
Quero gritar, sumir e até mesmo chorar.
 Mas seguro firme na minha fragilidade.
Estamos sozinhas... Eu e minha mãe.
Às vezes nos vejo tão amarguradas e melancólicas.
Lembramo-nos sempre do passado... Passamos por tantas coisas que só as duas sabem.
Sinto falta do amigo de alma... Compreende-me como ninguém, mas segue seu rumo.
Há coisas que não se diz nem para as pessoas amadas, então me calo.
Ando tão preocupada, angustiada, desanimada... Já parece fazer parte de mim.
Será que meu espírito um dia se acalmará e será realmente feliz?
Livros acalmam-me e inspiram-me a sonhar e viajar noutro “mundo”.
É tão bom, que quando começo não quero parar.
Por que nossas realidades não são como nos livros?
Seria tudo tão mais bonito e fácil.
Droga! Eles são só imaginação.
Ouvir Vavá eleva-me e anima... Pouco importa a incompreensão alheia.
Por que parece que Deus às vezes não nos ouve, nem faz nada?
São tantos pedidos e nenhuma resposta audível.
Uma revolta interior mexe aqui dentro, mas não posso expô-las.
Não parece justo com Ele e com os próximos a mim...
Apesar de Ele conhecer-me melhor que eu mesma.
Ele tem feito tanto por nós, mas sempre esperamos por mais e mais...
Nunca estaremos satisfeitos e gratos o bastante.
Quero tantas coisas antes de viver para um amor e formar família.
Quero viver para mim e aprender ser feliz sozinha, para depois querer ser feliz com alguém de verdade.
Sem medos e desilusões... Apenas conviver com as imperfeições da vida e dos relacionamentos... Vivendo, porém, o amor, o mais perfeito.
Mas ninguém tem tempo para me escutar falar sobre isso.



O DONO DO MEU DESTINO NÃO SOU EU






















Não mando em nada
Não sou dona do mundo... Não sou dona nem de mim.
Por que essa ansiedade que me deixa doida?
Por que querer controlar o que não dá para controlar?
O que há comigo?
O coração está alegre e triste; calmo e angustiado.
Há tantas coisas acontecendo... Por dentro e por fora.
É uma tensão permanente... Não dá para relaxar.
Dá uma vontade de chorar... A garganta aperta quando se vai.
Como dói deixar quem tanto amamos... Mesmo que estão bem na ausência temporária.
Como é bom ter alguém com quem contar.
Saber que posso passar por isso com apoio...  Mesmo sem toque, ou sem olho no olho.
Preciso tanto do teu colo, abraço, saber que me ama.
Teu amor é como bálsamo, tua voz acalma o espírito.
Em outras horas tua voz só aquece o corpo.
A cabeça dói, os dentes rangem... O nervosismo acelera os batimentos.
Por que sou assim? Por que isso?
O destino não sou eu quem decide... Ele está escrito.
Deus escreve minha história... Mas quem não quer escrever a sua própria nas entrelinhas?
Esta nunca sai boa, ou perfeita, deveria ser... Mas sempre persiste em nós o desejo de sermos donos de nós mesmos.
Que jeito senão seguir meu caminho e confiar na ajuda divina para seguir Tua história?





TENTO PENSAR























Tento não pensar nas injustiças da vida.
Tento não pensar na injustiça comigo.
Revoltaria minha alma... Seria injusto com quem está bem pior do que eu, e seria injusto com Deus, também com aqueles que amo e que me amam.
Tento pensar que tudo tem uma explicação.
Tudo está escrito e nada é em vão.
Quero amá-Lo cada dia mais e não odiá-Lo.
Deus vê o meu futuro, sabe o melhor para Seus filhos amados... Eu só aceito o que Ele me dá.
Estou exausta de ver o que vejo.
De escutar o que escuto... Bando de fofoqueiros, curiosos, sem o que fazer.
Estou exausta de ver tantos falsos puritanos e religiosos hipócritas, seja na vida real ou nas novelas... Esses são piores do que os escancarados.
Sou fadinha-meiga, romântica, carinhosa, amiga, muito família, tipo certinha, muito tímida, sem vícios...
Sou safadinha quando quero e quando os instintos impulsionam-me... Amo provocar e às vezes ser provocada por quem me interessa.
Quando os instintos falam mais alto, falo e faço o que desejo, com quem realmente desejo.
Tento pensar-como eu seria sem limitações, “normal” como as outras?
Seria eu a pessoa que sou hoje, ou uma dessas mais ousadas?
Qual problema se eu fosse como uma delas? Eu mereceria menos amor e respeito do que as certinhas?
Que sorte tem as ousadas... Elas têm a coragem de mostrar o que são e sem ligar para a opinião alheia...
Opinião alheia que num ajuda em nada, nem paga conta de ninguém, não enche barriga... Só julga.
Caráter, bom coração, qualidades não contam mais?
Será que se eu fosse como elas eu seria mais feliz, ou não?
Dois lados de mim que brigam constantemente.
No fim, quem vencerá sem eu decepcionar pessoas importantes que amo tanto?
Temo tanto ser abandonada por eles... O preconceito e o machismo ainda imperam, infelizmente.
Um dia serei livre desses pensamentos e medos-Viajarei muito, sairei com quem quiser e danem-se falsos puritanos, fofoqueiros.
A vida e o corpo são meus... Só tento pensar como será meu destino.




VOCE E AS FLORES






















Você e os pensamentos... Lembrança de flores primaveris.
Flores que perfumam e alegram um coração um dia triste.
Flores que embelezam os jardins... Traz-me a vida.
Você é flor que traz beleza, perfuma e alegra meus dias.
Como ficar sem todo carinho que pode oferecer-me?
Chegaste de mansinho, aproximando-se como leopardo na espreita da caça.
Não resisti a tal charme e apaixonei-me.
Como acostumar a tua ausência? Sinto tanta falta.
Há coisas que são necessárias... É a vida... Preciso aceitar.
Pensamentos que não se separam... os meus e os seus.
Nem nosso bem-querer; cuidado um com o outro; desejo de estarmos juntos até o fim... Meu amado guri.
Coração transborda de alegria e amor ao ouvir-te.
Ao escutar-te o mundo desaparece, para; o relógio é esquecido.
Será que também é assim para ti?
Amor é como um poema que toca as profundezas da alma, mesmo sem compreender todas as palavras.
Os versos sempre nos fazem pensar e sentir o verdadeiro sentido de amar.