sábado, 27 de agosto de 2011

AMOR TRANSFORMADO



 

Meu coração arde de vontade de tê-lo por perto...
De enlaçar-me em seus braços, sentir seu abraço.
De me sentir protegida de todo perigo, de toda sensação ruim...
Contigo sinto-me segura, protegida, e feliz... Tudo que preciso!
Sonho constante com seus beijos molhados e quentes; sua voz calorosa provocando a minha audição;
Seu olhar penetrante adentrando nos meus olhos; e teu sorriso marcante a iluminar-me.
As coisas vêm mudando, não é mais como antes... É ainda melhor!
A relação se transforma... Aprofunda-se... E nosso amor cresce!
Surpreende-me de uma forma bela, e natural.
Sinto-o mais presente, mesmo que por uns dias esteja ausente... Deixando sempre o sentimento da saudade.
Amor que se transforma a cada dia... Que nos envolve de um jeito sem igual.
Amor, amizade, paixão, desejo, admiração, companhia... Tudo nos faz aproximar ainda mais.
Quero ter todos os dias a segurança, a certeza desse sentimento que nos invade...
Que não dá sequer uma deixa para qualquer outro sentimento penetrar-nos no coração.
Amor, até onde irá sua evolução?... Amor que trarás a salvação, tirando-nos de vez a solidão a dois.
Amor que secará nossos prantos nas noites frias e solitárias... Sentindo na pele, a falta da pessoa amada.
Acredito que de verdade, um dia comigo você estará... E não sentirei mais tão intensamente a tua ausência... Já é tão profunda a carência!
Amor esse, que um dia plenamente transformado, nos fará estar lado a lado... E felizes verdadeiramente; eternamente!

domingo, 21 de agosto de 2011

AMOR PROFUNDO



 
Meu amor está enraizado... Meu eterno amado.
Cada dia mais profundo!
Você é a alegria do meu mundo.
Quando penso em você, nada mais me importa.
Amo-te intensamente... Não vivo sem ti.
Posso até viver, mas sem vontade honesta de sorrir.
Contigo, e com teu amor sincero, me dá vontade de amá-lo para valer.
De saber o que é divertir, ao lembrar-me de seu sorriso, e jeito alegre de ser.
Seus olhos são como pedra preciosa que me levam rendida para seus braços.
Não consigo, nem quero resistir... Em seus braços é único lugar em que desejo estar.
No toque de seus lábios macios, o gosto dos seus beijos, é o único sabor que quero provar.
Amor tão profundo... Que nem a mais potente ferramenta é capaz de arrancá-lo daqui de dentro... É impossível!
O desejo que tenho quando estou com você é de te amar, e gritar para o mundo: que você é meu amor mais puro.
Vem me fazer feliz... Meu amor, minha perdição!
Somente a força onipotente da vida, do destino poderá um dia tirá-lo de mim.
Você sempre será minha paixão... Minha irresistível tentação!

CONTRADIÇÕES



 
Tantos sonhos; tantos desejos; pensamentos inconfessáveis e irrealizáveis;

Tantas perguntas: algumas sem respostas... Na verdade, maioria.

Medos são vários... Que me limitam a ser quem quero ser.

Ansiedade intensa, com anseio de ser especial, de ser útil ao mundo.

Ansiedade perceptível nas expressões faciais e atitudes... A expectativa que as coisas aconteçam "pra ontem"... O mais rápido possível.

Tantos planos a serem concretizados... Com esperança profunda de realizá-los.

Com o sonho maior de amar; ser amada; ter família, mas sem perder a essência, individualidade... Será possível amar sem se sentir perdido de nós mesmos?

Vidas e pessoas opostas... Diferenças e semelhas que nos unem, e também nos separam... Confiança, ciúme, insegurança _ tudo na mesma relação.

Alegrias e tristezas; esperanças e frustrações; amor e amor, ódio não faz parte do meu coração.

Raiva temporária, só às vezes, não somos de ferro...

Sorrisos e lágrimas; moral e imoral; boa e má; a luz e a escuridão;

A paz e a perturbação da mente e do coração... Buscando a felicidade!

A serenidade na alma, e a excitação à flor da pele.

Beleza e sensualidade que atraem, mesmo com imperfeições.

Com poemas, composições e contradições, é prova que apenas o externo não importa... Mesmo que para muitos é fundamental.

Quero ser igual a você, mas também diferente.

Ser diferente é além de normal... É bom... É ser único... É ser você mesmo.

Que merece o respeito, ser amado e admirado por ter coragem de não ser igual a todos.

Contradições... É isso o que somos... Mais do que qualquer coisa: Somos a maior complexidade da vida.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

TRAVESSURAS DO DESTINO



 
Quero sair por aí sem rumo... Sem dia para retornar, sem planos.
Tudo muda de um dia p'ro outro... Do nada... Total surpresa!
As expectativas, emoções, a realidade; os projetos de vida, sentimentos...
Nada é exatamente eterno... Dura o tempo suficiente que deveria durar.
Quando nada do que espera ou planeja acontece, perde-se o chão... Fica sem ação, nem visão do amanhã.
Sente-se flutuando completamente, mas sem ao menos desejar por isso.
O destino parece não querer o que quero... Seus planos talvez sejam mais excitantes.
Muda-se radialmente o percurso... É preciso novamente redirecionar os planos, aceitar os desafios da vida, testar a capacidade, transpor limites.
Tudo para não ficar mais perdido do que já está.
O planeta gira, o sol se move ao nosso redor... Não dá para esperar sentado que as coisas aconteçam para você... Serás esquecido.
Ou o próprio destino fará de algum modo você levantar de onde está e agir.
Qual minha maior missão? O que o destino prepara para o meu futuro?
O que tenho de fazer?
Tantas coisas eu enfrentei... Tantas mudanças fui obrigada a fazer para crescimento humano.
Limites eu transpus, ou ao menos, penso que os fiz.
Tantas perdas... Momentos de alegria, paz, felicidade, realizações; tristeza, frustração, e muita solidão.
Às vezes me pergunto: para quê fazer planos, criar laços de amizade, se apaixonar?
Se o destino com suas travessuras e aversão por tédio sempre nos muda de lugar, de planos, sonhos, de pessoas...
Tirando-nos pessoas tão especiais, causando grande saudade, e nos aproximando de outras_ amenizando um pouco a solidão.
Quais serão as novas travessuras que o destino nos reserva? Será que estaremos preparados?

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O SILÊNCIO DIZ MUITA COISA



 

O silêncio te cala também... Não há muito que dizer.

Meu olhar está triste e cansado... Olho-me no espelho e não me reconheço mais.

Minha cabeça está vazia, parece estar oca por dentro, embora também passe muitas coisas pela mente ao mesmo tempo.

Olho para um lado e para o outro... Vejo apenas o passado, e o presente... Cadê o futuro?

Não vejo o porquê de sorrir alegremente... Pois sorrio com os lábios, não com o coração.

A brisa lá de fora não entra pela janela... Nem chega a mim para refrescar-me o corpo, nem a alma.

Não é ingratidão pelas coisas boas que acontecem... Espero que não!

É verdade que no coração não se manda... Não mando em nada... Têm horas que nem em mim mesma... Perco o controle dos sentimentos, e sensações.

Por que tentar mudar o que sentimos e pensamos, mesmo que não sejam bons?Não vivemos somente de boas emoções.

O domingo de hoje me abate profundamente.

Comparações não saem da mente... Surgem como poderosos tornados, numa velocidade incontrolável... Devastando boa parte do que há aqui dentro.

Não dá pra parar... No fim, sinto-me frágil, quebrada, precisando urgente de proteção e cuidados.

Meu silencio parece não lhe dizer nada... Sinto que nem nota o meu calar diante de você.

Nossa sintonia de antes parece se perder... Será que nossa profunda ligação se evaporará no ar, como outras que já tive na vida?

Não consigo mais encontrá-la, quando olho em seus olhos...

Pergunto-me: será que você também não a acha?Será que também vai embora?

O coração se entristece novamente e me sinto de repente, só... Sem ninguém pra conversar, sem ninguém que me entenda... Mesmo rodeada de pessoas amigas.

Será que você percebe a minha solidão?Ou nem tem mais tempo de ver e sentir tudo ao seu redor?

O silêncio meu e teu diz mais do que palavras... Infelizmente parece dizer quase um doloroso ADEUS!