sábado, 24 de setembro de 2011

LIMITE DA VERDADE



 
Lágrimas escorrem pela face... Depois de um fim triste e aliviado de conversa.
Como chuva que corre livremente pela rua... Limpando tudo.
É o amor que desaba num silêncio frio... Sem clima para mais nada.
Sobrando apenas lembranças, sentimentos que ainda nos aproximam.
Diálogo é bom... Entretanto, dizer tudo que pensa e sente_ sem refletir pode magoar, entristecer... Sem querer.
Sinceridade total raramente é bem vinda... Independente da situação.
Qual o limite da verdade, e da sinceridade em um relacionamento?
Como saber até onde ir numa conversa sincera?
Ninguém quer ouvir dos outros, o que já sabe no íntimo.
Ouvir o que sabe, mas não quer _ é chato, ofensivo, dói,machuca...
É como por um punhal aos poucos no peito, só para doer mais.
Falar demais pode mudar profundamente a vida de alguém... Seja para o bem, ou geralmente, para o mal.
Palavras têm poder... Uma forma imensurável!
E a forma como as dizemos, tem consequências ainda maiores.
Família e amigos nos dizem às vezes o que não querer escutar, e perdoamos... Afinal, querem que melhoremos.
Estranhos nos dizem, e tudo cai como fofoca, ou maldade... Machucam com intensidade!
Sinceridade com moderação, e o jeito de falar podem elevar; entristecem um pouco o coração... Mas nos dá vontade de evoluir.
Ou a sinceridade sem freio pode nos mortificar, deprimir... Tirar nosso ânimo, até a vontade de existir.
Dizer tudo que o coração está cheio nem sempre o alivia... Ele pode se angustiar ainda mais _ pois magoa alguém, e diz o que não queria, nem deveria. 

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

AMOR ANIMAL



 
Do nada, sem aviso prévio apareceu em nosso lar.
E aos poucos transformou de vez nossas vidas.
Com seu jeitinho de filhote, conquistou nosso coração.
Como um bebê recém-nascido, exige-nos tudo que é preciso:
Cuidados, carinho, amor, paciência, e muita atenção.
Com dedicação intensa a ti, um Amor Animal nasceu entre nós.
Como amigos, dispensamos carinho e lealdade, companhia um ao outro...
E também discussões, raiva momentânea por "artes" que faz... Não podem faltar.
Com você tive quer ter mais responsabilidade... E melhorei como nunca imaginei.
Com suas manias me acostumei... Tornou-se meu amigo companheiro, minha paixão.
Sem você em nossas vidas não dá mais para ficar... É mais do que um animal de estimação... É parte integrante, e importante na família no dia a dia.
Quando saio, vira e mexe, você entra em meus pensamentos: o que estará fazendo agora?Se fosse racional; o que estará pensando?
Quando olho-te, eu penso: como pode um ser desse, ser tão lindo, ser bravo e carinhoso, chamar tanta atenção, e conquistar tanto amor?
Não posso nem pensar em te perder... Viver sem você não dá!
Seja ave, cachorro, gato, animal grande, ou pequeno... Seja qual for... Só quem tem um pode falar.
Amor Animal é Indescritível!Não dá para explicar, só amar... E receber amor em gratidão.
Obrigada Tico, por mostrar-me o quão importante é ter, e sentir um Amor Animal!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

INCÔMODOS DA ALMA



 

Minh' alma se pacifica por uns motivos.
E ao mesmo tempo, se perturba por outros.
Por que nada é perfeito para sempre?
Por que sempre que estamos bem e felizes, aparece algo, ou alguém para nos incomodar, nos deixar aborrecidos, inseguros?
Nada permanece a vida toda igual... Seja a alegria, a felicidade, a paz d' alma, ou a tristeza.
O vazio no peito nos deixa sem vontade de animar, ou falar... Com anseio de se esconder do mundo, de si mesmo... Ficar quieto.
E tem momentos que esse vazio dá vontade de um ombro para chorar, um colo para se deitar, um ouvido para te escutar, e compreender...
O amor por pessoas queridas, a paixão por ti... Ambos ainda mobilizam o coração a pulsar forte, e irradiar luz... Iluminando todos que ama.
E oculta a sombra, a escuridão que sempre rodeia nossas auras... Uma hora, ou outra.
Momentos, palavras, sentimentos... Tudo pode incomodar a alma, deixando sua serenidade de lado...
Restando apenas pedir a Deus, para dar-lha o conforto, e quietação necessária.