quinta-feira, 15 de abril de 2010

O MUNDO LAMENTÁVEL

Eu raramente hoje leio ou vejo jornal na televisão.
Sei que posso ficar e às vezes estou desinformada sobre tais importantes acontecimentos.
Mas meu coração muito se entristece e fica bastante indignado, machucado, por ver e ouvir tanta coisa ruim acontece no país e no mundo.
É uma roubalheira sem final, corrupção e injustiças sem igual nos últimos anos.
Tanta violência, crueldade, desrespeito ao próximo, ignoram até o parentesco, matam filhos, esposa, mãe ou pai, ou espancam, sem o mínimo de dor ou dó no coração.
Há ultimamente tantos desastres da natureza, mortes á “enxurrada”, no Sul, Sudeste, Norte, Nordeste, Centro Oeste, ou pior, no mundo inteiro.
Seja por muita chuva, ou por muita seca, seja por maremoto ou terremoto, ou outro fenômeno maior e devastador.
A “mãe” natureza talvez esteja nos punindo por agir com ela e seus “filhos” inocentes, com tanta ambição, sentimento de poder, egoísmo geral.
Falta de caridade ao “irmão divino”, sem piedade, incapaz de fazer uma simples doação seja de comida, roupa usável, sangue, órgão.
Ou apenas ouvido pra escutar, palavra amiga pra dar, abraço fraterno ou sorriso afetuoso pra demonstrar carinho ou compaixão.
Seja por medo, falta de tempo, qualquer outra coisa, preconceito, ou simplesmente egoísmo.
Falta de moral cívica, ou melhor, falta de respeito ao país, ás suas riquezas naturais, ou lugar em que vive e dele sobrevive.
E o mais importante, tamanho desamor ás perfeitas criações do Criador, incluindo nós mesmos.
Quanto ignorantes nós seres humanos estamos, não falo por falta de informação, educação, porque isso, muitos não tiveram, mas ultimamente é que mais temos tido, ás vezes até nos cansamos de ouvir.
Falo da ignorância de não acreditar, de fingir não saber ou ouvir o que tanto falam.
A maioria continua fazendo as mesmas coisas, sem pensar nas consequências futuras dos atos, e tudo isso só irão piorando.
São injustiças na legislação, políticos corruptos se achando acima de tudo e todos, nem a justiça está acima dos seus “poderes”, dinheiro é colocado nas calças e nas meias, que é lavado e levado pra Ilhas Caimãs,..
Não dá pra se viver mais com tanto “barraco” nas assembléias, e sujeira política, não suportamos mais ver isso na TV.
Até quando nós eleitores vamos nos vender, dando votos, por troca de camiseta de propaganda, ou uma garrafa de cerveja?
E sujeitar a essa vergonha política nacional?Ouvindo chatos horários políticos com candidatos sem mínimo de noção política e discurso convincente
Apenas estão lá. Pra que? Pra ganhar bem, com promessas absurdas, impossíveis de ser realizar, e repetitivas em todas as eleições políticas, seja pra presidente, ou prefeito.
São poucos e raros os honestos e cumpridores de promessas possíveis, são tão poucos que nossa pouquíssima memória eleitoral nos impede de lembrar quem são.
E pomos lá, pra variar, políticos corruptos e interesseiros no nosso dinheiro. Porque se fosse ao bem estar dos eleitores, países pobres como o nosso, não estariam dessa maneira.
É gente querendo através de computador ler até a nossa mente, tirando total privacidade. É insegurança e vigilância em todo canto, nos deixando cada vez com mais medo.
Pedem até pra sorrir, quando se vê uma câmera te filmando,mas pra que tanta câmera e vigilância, se bandidos roubam todo momento, olhando pra elas, as roubam ou sorriem pra elas, na maior tranquilidade?
É homem brincando de ser Deus, criando robôs cada vez mais “humanos”, tirando o emprego dos verdadeiros, ocasionando tamanha criminalidade.
Eu não sei mais o que pensar, muito menos o que dizer, só sei que nós humanos e também eleitores precisamos arrumar um jeito desse mundo melhorar.
De político corrupto parar de nos roubar, e diminuir nosso perecer.
Como?Não sei infelizmente lhes dizer.
Talvez cada um fazendo pouquinho, mas sua parte, sem preocupar se o outro fez ou não.
Cuidarmos do planeta, não poluirmos, não desmatarmos, não gastarmos muita água.
Talvez se formos mais caridosos, solidários com os próximos, respeitá-los, nós termos mais amor.
E ficarmos mais conscientes de nossos votos.
Pode até não se tornar um mundo perfeito, pois seus habitantes não são, e a vida não é conto de fadas.
Mas tornaria um lugar melhor pra viver, e menos difícil de sobreviver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentario é importante para mim..