sexta-feira, 23 de julho de 2010

CRIANÇA


Criança é mais do que uma pessoa inocente, pura, sem maldade, ou sem muito entendimento das coisas da vida.
Ou alguém que ainda não cresceu, tanto em altura,
Quanto em consciência, aprendizado.
Criança é bem mais profundo que isso.
Criança é tudo que não devíamos esquecer quando ficamos adultos.
É leveza, sinceridade, alegria, brilho nos olhos, sem muito "peso" nas costas.
Aproveitar o máximo a vida, é gostar sem escolher a quem, apenas seu lindo coração a diz, e tenta nos ensinar.
Em alguns, essa criança nunca é esquecida, mesmo a pessoa já madura.
Seu espírito é sempre jovem, alegre, feliz, leve como pluma, como a maioria das crianças que vimos no nosso dia.
Há aqueles que já esqueceram, nem se lembram que esta criança ainda vive dentro delas.
Pra eles, sempre há coisas mais importantes, tantas obrigações, responsabilidades, correria, stress diário.
Não têm mais tempo de brincar, nem mesmo de sorrir, lembrar das coisas boas que os cercam.
O mau humor, a descrença, muitas vezes toma conta da vida e do coração destas.
Matando cada dia mais, essas crianças que estão dentro de cada um de nós.
Há muitas crianças com tanto sofrimento, responsabilidade sobre uma família, perdas, tragédias em suas vidas, rejeições, doenças, tristezas, frustrações, medos...
Crianças que levam tanto peso nas suas histórias, que tocam e entristecem nossos corações.
Mas basta um carinho a mais, brinquedos, amigos pra brincar, comida diferente pra comer, roupa nova...
Pra ver em seus olhos, um novo brilho, e seus sorrisos de inocente felicidade renascer.
Fazendo corações que antes estavam partidos e tristes colarem e se alegrarem, com as novas esperanças surgindo.
Pois criança é a esperança, que mesmo em extrema dificuldade, os olhos ainda teimam em querer brilhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentario é importante para mim..

VIVIAN E O PODER DE LUTAR

Era um dia bem chuvoso e frio e Vivian se perdia em seus pensamentos sobre quem realmente era e para que razão estava nesse mundo, enquanto...