terça-feira, 22 de novembro de 2011

INGENUIDADE X DESCONFIANÇA



Sinto-me tola, a raiva de mim mesma inflama meu coração.
Ingenuidade que atrapalha, que traz problemas.
que aproxima os bons de coração;e os maus também.
Ingenuidade de Poliana,menina do otimismo e pureza.
Por que tem que ser assim? Em quem acreditar? Em quem confiar? Pelo que vejo... Ninguém!
Terei que viver na desconfiança?Isso angustia o peito,faz sofrer...Faz aumentar a solidão.
Será que esse mundo, ou melhor, as pessoas vão mudar?
Coração que se entristece com a maldade alheia, no mundo real, e principalmente, no mundo virtual.
Confiamos, acreditamos e nos decepcionamos... Meu coração chora.
Como viver e conviver com a desconfiança?
Dá um medo do mundo lá fora...como se vivêssemos numa bolha em que precisamos viver em seu"mundo" sem conversar,confiar em ninguém.
Será que conseguirei viver assim?
Desejo de perder a ingenuidade... Mas como perder a essência? Não sei o que fazer.
Inocência, ingenuidade x Maldade e desconfiança... No fim,quem vencerá?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentario é importante para mim..