terça-feira, 22 de novembro de 2011

AMOR DESCONHECIDO

Amor que se vai longe.
Penso se um dia hei de alcançá-lo... Amá-lo como nunca amei!
Não sei se o perdi e não me dei conta;
Ou se ainda não o encontrei de verdade... Será que sim, ou que não?
Uma paixao arrebatadora, quem não a desejou ou deseja vivê-la?
Uma paixão que ao longo do tempo se transforma no amor.
Amor ágape, amor sublime, e que nos separe apenas na morte.
Amor romântico e sonhador... Que me inspira e me chama para o mundo das ilusões, da fantasia.
Quero um amor belo,vivê-lo de veras... Será que terei eu uma boa sorte?
Como o encontrarei? Como saberei que é amor sincero, e não uma paixonite passageira?
Chama que arde no peito... Chama esta, que nunca se apaga.
Chama do anseio de encontrá-lo... Seja onde for.
Amor,que já na altura do campeonato fa-me descrer na tua existência...Que aparecerá belo e sincero a minha frente.
Será que não mereço-te, amor? Pretende tirar de mim a esperança de tê-lo no coração, e vivê-lo intensamente?
Não falo de nomes, nenhum ocupa aqui este lugar especial e sagrado... Será que encontrarei quem o ocupe para sempre?
Não quero relacionamentos como diversão... Quero ser a mulher de sua realidade e sonhos...
Quero ser a mulher que esperas dia e noite.
Amor que não ilude... Acalmarás tu a minha alma, e tirarás a solidão de meu solitário coração?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentario é importante para mim..