quarta-feira, 12 de outubro de 2016

A SONHADORA



Queria escrever sem parar, mas para quê? Para você?
Escrever sobre a vida, escrever sobre pessoas, escrever sobre mim, sobre nós, mas você sequer lembra-se de mim.
Por que perder meu tempo?
Por que dizer o que já sabe, se não acredita?
Para quê dizer que queria teu abraço e ouvir tua voz novamente, sentir teu carinho e me dizer apenas um estou aqui sempre.
Sonhos!
Parece que é só disso que vivo ultimamente, mas de que adianta?
Eles não passam de sonhos, fantasias.
Essa sou eu, a sonhadora, seja qualidade ou defeito.
Se um dia me quiser de verdade, seremos isso, nossos defeitos e qualidades: amar ou respeitar como somos.
Se não quiser, fique onde está.
É melhor assim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentario é importante para mim..