sexta-feira, 15 de outubro de 2010

ESTRADA


No caminho pelas estradas á fora, tudo pode acontecer...
Pela janela do carro, ônibus, caminhões vimos coisas passarem tão rápidas como o vento forte, raio, ou piscar de olhos.
Uma rapidez pela impressão que o movimento das rodas nos causa, mas na verdade algumas paisagens mostram tão paradas quanto estátuas.
Os pensamentos viajam com a gente.
Oras no passado, oras no presente, ou até mesmo nos planos para o futuro.
"Viagens" que nos fazem chorar, sorrir, excitar, lembrar do que esquecemos há tempos.
"Viagens" que nos faz esquecer de certos incômodos comuns pelas estradas que parecem não ter fim.
Estradas que ora são tão sinuosas e perigosas, mas sem jeito de evitar.
Assim como em nossas vidas, algumas vezes a única alternativa é enfrentar, não há como fugir, recuar... Está escrito.
Certos desvios ou atalhos podem ser menos seguro e bem mais perigosos do que enfrentar o caminho certo e longo para chegar ao caminho desejado.
Naquele ônibus senti-me segura e tão protegida, seja de chuva, vento, frio, ou seja, protegida no meu "mundo", e perto de quem tanto amo.
Na última viagem mesmo incomodada pelos problemas de uma pessoa com limitações físicas numa viagem longa, nem assim fez-me perder o encanto e o sentimento de segurança.
Pensamento é persistente em alguém tão querido, presente, que me faz sorrir e querer estar sempre perto, amar.
A estrada seja boa ou muito ruim é muito importante para o desenvolvimento e crescimento do nosso país.
Ela que movimenta o país, o faz andar pra frente, desenvolver, e conhecermos os belos lugares que sequer sabemos que existem, ou lugares que sonhamos visitar.
Pois apenas com caminhões andando por essas rodovias que ligam cidades e estados, o Brasil funciona de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentario é importante para mim..